Auditoria preventiva trabalhista, vale a pena contratar?